sexta-feira, abril 28, 2006

QTH das QRU

Lucas Feiticeiro técnico especializado em antenas e rádios px

http://br.geocities.com/lucasfeiticeiro/links.html

5 Comments:

Anonymous Anônimo said...

Você também pode deixar seu recado aqui Este espaço esta reservando para toda a comunidade amiga deste blog deixar seus recados

10:59 AM  
Anonymous RGTUBA said...

Much more that a simple radio, or a modern equipment, you will have in its house a good friend who is in the truth a door that if opens for the world. To it binds it, you it will have the sensation of that it is not more alone in house or its car, but yes, in company of thousand of people, of which you never it saw or it spoke before, that they are making of "air" a true room of visits, where each one goes arriving and occupying its place. They can be close or very far and with the advantage of you be able to speak with them.

8:47 AM  
Anonymous Anonimo said...

Rebelião de presos em São Paulo pode ter sido deflagrada pela negativa aos pedidos de prisão de Pimenta Neves. Se é revoltante para nós, imagina para quem está na cadeia por muito menos do que pesa contra o jornalista.
Pergunte ao Senador PUNIÇÃO SÓ PARA OS POBRES Marcelo Bonfim Coimbra, de São José da Barra (MG) "Gostaria de saber por que uma pessoa pobre, quando comete um pequeno delito, fica vários anos na cadeia e uma pessoa rica, que rouba milhões do povo, é presa pela manhã e solta à tarde." O senador Cristovam Buarque (PT-DF) responde: "Marcelo, desde o tempo em que o Brasil era império, tudo que o país tinha era em benefício de uma minoria. E isso continua. Por exemplo, uma pessoa que consegue terminar a universidade recebe bolsa para continuar estudando e fazer doutorado. Aquele que ainda não aprendeu a ler não recebe bolsa para ser alfabetizado. Mesma coisa ocorre com a Justiça. É uma Justiça que foi feita para servir sobretudo à minoria privilegiada, que pode pagar bons advogados e que tem leis que, inclusive, a protegem. Por isso, quem rouba um pão é preso, e quem rouba 1 milhão fica solto. No Brasil, as leis são feitas sobretudo para beneficiar uma minoria privilegiada."Fonte Jornal do Senado"

10:23 AM  
Anonymous RGTUBA said...

Caro amigo clique em homepage e de um tiro neste xarope que não deixa ninguém dormir

9:28 PM  
Anonymous RGTUBA said...

Um sapo, olhando pelo buraco na parede, vê o fazendeiro e sua mulher abrindo um pacote. Pensou logo no tipo de comida que poderia haver ali. Ao descobrir que era uma ratoeira com insetos no lugar da isca (o seu alimento predileto), ficou aterrorizado. Foi correndo avisar o rato: "- Há uma ratoeira na casa, uma ratoeira na casa !!!" O rato disse: "Já vi. Tô nem aí. Desde quando rato come inseto? Eca...". Aí o sapo saiu pulando na sua velocidade máxima para alertar os outros bichos da fazenda. A galinha, disse: "- Desculpe-me Sr. Sapo, eu entendo que isso seja um grande problema para o senhor, mas não me prejudica em nada, não me incomoda." O batráquio foi até o porco e lhe disse: "- Há uma ratoeira na casa, uma ratoeira !!!" "- Desculpe-me Sr. Sapo, disse o porco, mas não há nada que eu possa fazer, a não ser rezar. Fique tranqüilo que o senhor será lembrado nas minhas preces." O sapo dirigiu-se então à vaca. Ela lhe disse: "- O quê? Uma ratoeira? Por acaso estou em perigo? Acho que não!" Então voltou para a casa, cabisbaixo e abatido. "Fazer o quê?", pensou. Naquela noite ouviu-se um barulho, como o de uma ratoeira pegando sua vítima. A mulher do fazendeiro correu para ver o que havia pego. No escuro, ela não viu que a ratoeira havia pego a cauda de uma cobra venenosa. E a cobra picou a mulher... O fazendeiro a levou imediatamente ao hospital. Ela voltou com febre. Todo mundo sabe que para alimentar alguém com febre, nada melhor que uma canja de galinha. O fazendeiro pegou seu cutelo e foi providenciar o ingrediente principal. Como a doença da mulher continuava, os amigos e vizinhos vieram visitá-la. Para alimentá-los o fazendeiro matou o porco. A mulher não melhorou e acabou morrendo. Muita gente veio para o funeral. O fazendeiro então sacrificou a vaca, para alimentar todo aquele povo. Na próxima vez que você ouvir dizer que alguém está diante de um problema e acreditar que o problema não lhe diz respeito, lembre-se que, você poderá também ser uma vitima sem saber.


Se os seus filhos são preguiçosos, não merecem a sua herança. Se são trabalhadores, não precisam dela.
Então, use-a para lhe dar os prazeres merecidos da sua vida."

(Provérbio Chinês)

9:06 PM  

Postar um comentário

<< Home